Vamos brincar na neve

Há umas semanas fomos até Montalegre lanchar. Esta é a verdade. Fomos convidados para passear e ver a neve, mas a meio da viagem já só pensávamos em comida. E ainda fizemos umas fotos porreiras. A Teresa com o seu gorro amarelo, luvas super cool e um cachecol às cores roubou o protagonismo à neve. Continue reading

#girlboss

#girlboss é o último livro que li. Acabei-o há cerca de duas semanas. #Girlboss é um livro escrito pela Sophia Amoruso, uma mulher de sucesso na empresa de roupa NastyGal. Sophia teve uma adolescência atribulada e uma entrada na vida adulta não menos caótica. Mas ela reconhece que foi o caminho que ela traçou que a levou onde está agora. É CEO da NastyGal e o seu livro é um best seller. Continue reading

Vanessa & Ivo – o melhor de 2015

 

O ano chegou ao fim. Com ele leva dores, sorrisos, corações e amores. O frio, a chuva, o sol, as flores, o verão, o outono, passam por nós e voltamos a viver tudo de novo com os nossos filmes. Voltamos a ver os vestidos dançantes, as mãos que se tocam e que levam aos abraços.
O ano foi nosso: crescemos da Something Blue para a Vanessa & Ivo. Os nossos Filmes feitos à mão, com amor e dedicação transformam um dia especial numa recordação para a vida inteira. Queremos capturar os vossos olhares, sussurros e lágrimas. Queremos estar nas vossas vidas para sempre.

Vamos voltar a 2015: ponham o som alto, apaguem as luzes e…carreguem no play!

Publicado originalmente em : http://somethingblue.pt/2015-best-of-wedding-video-portugal/

Adeus 2015

adeus 2015

Mais um ano no final, depois de duas semanas de altas expectativas, festas da família, doces, prendas, reuniões, eis que chega o final. Tempo para olhar para dentro e revisar o que fiz, senti, disse e sonhei.

Tenho tido muita sorte ao longo da minha vida. Não é fácil chegar a um estado de consciência em que me aperceba disto, mas nesta antecipação e tristeza de final de ano é preciso olhar para dentro e agradecer por todas as coisas boas que tive. Porque quero viver a máxima de aproveitar cada dia, de sentir satisfação ao final de cada dia, apesar dos momentos bons e maus.

Quero planear o próximo ano de cabeça limpa e arejada. Alguém conhece uma boa agenda, planificador, daqueles mesmo catitas e cheios de coisas bonitas? Porque tenho de voltar a entrar de cabeça no yoga, quero escrever um diário e aprender a costurar!

E vocês? O que querem para este novo ano?

Sandy feet by Vanessa da Silva

A foto perfeita

Sandy feet by Vanessa da Silva

Esta foto tem tudo o que gosto. Uma noiva estonteante, pés descalços, praia e pôr do sol.  E uma calma que não sinto agora. Já vão meses de trabalho e de canseira e estou feliz com o que faço. Conhecemos pessoas boas, lugares novos e tenho a oportunidade de fazer imagens do dia mais feliz da vida daquelas pessoas. Estou cansada, decorpo e mente, mas quando vi as fotos e vídeos que fiz deste casamento da semana passada, enchi o peito de ar e pensei “vamos lá, só faltam mais umas semanas de trabalho árduo”!

vanessa-ivo-handmade-films-2

Menorca foi um sonho

Há momentos que acontecem, estamos a vivê-los e nem acreditamos. Isto aconteceu há um mês e eu tirei esta foto. Estou espantada por isto ter saído de mim. E orgulhosa, claro!

vanessa-ivo-handmade-films-2

Fórmula para a felicidade em menos de 400 palavras

Não passar demasiado tempo com idiotas. Errar. Aprender com os erros. Fazer erros novos. Não dar alimento ao desespero nem deixar a esperança esfomeada. Rir sempre que possível. Amar a família, conversar com os amigos, ser gentil com desconhecidos. Dar um passeio de vez em quando. Comer com gosto. Preferir o céu a um ecrã, o canto dos pássaros a discursos políticos, a poesia às notícias. Ser paciente com o amor. Procurar ser-se quem se é e estar-se no dia e hora em que se está. Ser gentil com a família, amar os amigos, conversar com desconhecidos. Desconfiar dos adultos que parecem ter a vida resolvida ou que têm dentes demasiado brancos. Prestar especial atenção à sabedoria das crianças e dos velhos. Errar. Aprender com os erros. Fazer erros novos. Ser tolerante com o amor. Aprender com as histórias: as nossas, as dos outros, as dos filmes, as dos livros, as que estão a ser contadas na mesa do lado. Não adiar qualquer beijo. Não se deixar ser vencido por incompetentes. Não se deixar ser vencido por incompetentes. Não se deixar ser vencido por incompetentes. Ser exigente com o amor. Ouvir música todos os dias. Conversar com a família, ser gentil com os amigos, amar os desconhecidos. Ficar bêbado de vez em quando: de álcool, de ternura, de encanto, de riso. Ser gentil. Saber contar bem pelo menos uma anedota. Desenvolver de igual forma os músculos do sonho e da desilusão. Usar roupas confortáveis. Não se ficar preso às falhas de ontem, aceitar o que se perdeu hoje e acreditar nos milagres de amanhã. Ter um entusiasmo sempre à mão. Nas alturas em que a vida parece vazia de sentido, quando há um nó na garganta que dificulta a respiração, quando todos os punhais do destino estão cravados nas nossas costas, saber que alguém algures irá tomar conta de nós e que nenhuma dor, desde que o tempo começou, dói da mesma maneira para sempre. Ser comedido na indignação e pródigo na alegria. Atravessar um jardim pelo menos uma vez por semana. Não ficar nem bêbado de certezas nem agrilhoado por dúvidas. Recomeçar, quando necessário. Ser ambicioso nos anseios, moderado nas acções e humilde nas promessas. Estar no mundo de forma a que se consiga ouvir-se viver. Não seguir fórmulas para a felicidade. Ler o Manual de Felicidade para Neuróticos.

PS – Nós, Amadeu Amaro e Gaspar Stau, somos os autores desta fórmula. Uma vez que, como descobrimos recentemente, somos personagens fictícias, qualquer queixa ou processo relativo a uma falha desta fórmula na obtenção da felicidade deve ser dirigido ao nosso autor, Nuno Amado. Pela óbvia importância que a felicidade tem na vida das pessoas, aconselhamos os utilizadores insatisfeitos a exigirem indemnizações avultadas ao senhor Amado.

Nuno Amado na revista Sábado